Mostrar mensagens com a etiqueta decoração. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta decoração. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Descobri o melhor espaço para festas especiais!

Sei bem que não é fácil encontrarmos espaços à altura de uma festa especial: um baptizado, um casamento pequeno, uma festa de anos diferente, um evento empresarial. Encontrei um que reúne tudo: vista, piscina, catering, simpatia... É na Parede, perto de Lisboa, e chama-se Casa dos Cedros. Foi lá que festejei os meus 31 anos na companhia de amigos. 
Saímos de lá com a certeza de que lá havemos de voltar: dois amigos já lá vão fazer as festas de anos (imitadores).

Apesar de não termos desfrutado da piscina (só um corajoso lá foi), estava-se mesmo bem, nos puffs a ouvir uma música chill out. Lá dentro, as mesas com queijos, enchidos, fritos, fruta para irmos petiscando antes do jantar (e uma sangria óptima, sumo de morango, água aromatizada). Lá fora, as mesas postas para o jantar: entradas (provei o gaspacho, bem bom), bacalhau com natas (delicioso!) e arroz de pato (disse que já não conseguia comer mais, mais foi até ao último bago de arroz). Depois, as sobremesas bem boas, com aquele conforto de estarmos a ser servidos com toda a simpatia e concentrados apenas no que é importante: os amigos. 
Estava tudo melhor do que imaginei (mentira, imaginei-me na piscina até às 23h mas o tempo lixou-me), o espaço é mesmo bonito e a festa foi tranquila, deu para conversar à vontade (não havia crianças eheh) e senti-me muito feliz. 

Vejam lá, não vos parece bem?


























Espaço, decoração e catering - Casa dos Cedros Eventos

 Ganda 31!

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 

quinta-feira, 1 de junho de 2017

A festa da Luísa!

Que dia de anos mais bonito! Começou de pijama na rua, pés descalços na relva (uma espécie de relva...) a apanhar bolinhas de sabão. Mentira, começou com os parabéns mil vezes cantados pela irmã, por mim e pelo David e com as duas prendinhas, da avó e da Isabel (e do pai e da mãe). Depois, rua. Depois, sesta. Depois, receber os avós paternos para almoço. Depois, preparar o lanche/jantar. 

A mesa do bolo ficou à responsabilidade da Maria das Festas - e que linda que ficou, inspirada na cama delas! - com bolo, cupcakes, cakepops e bolachinhas da Grãos de Açúcar , em tons pastel. 
O bacalhau com natas (que leva espinafres e cenoura) foi a minha mãe que fez - e fica sempre óptimo - e a avó Rosel trouxe a sopa, os já habituais croquetes e rissóis (não há melhores), arroz doce e torta de chocolate. Tios, avós e um amigo muito especial (viram os stories?) e ficou a festa feita. Com calma, muito amor e muitas gargalhadas, tudo o que precisávamos depois do que nos aconteceu. Obrigada mãe e avó ❤️













































 Com a talentosa Mónica da Maria das Festas 

Coisinhas que podem ter achado giras:

Mesa dos bolos - Maria das Festas
Bolos - Grãos de Açúcar
Vestido da Isabel - Principessa
Vestido da Luísa - Lanidor (o que a Isabel vestiu no primeiro aniversário!)
Laço Luísa - Lost Colours
Sapatos - Hierbabuena

Amigo giraço e descomprometido - Renato Duarte :)


............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

quarta-feira, 31 de maio de 2017

A Luísa já tem 1 ano!

E já estou naquela fase em que entro numa onda de melancolia amena e meiga com a passagem do tempo. Fico naquele limbo entre felicidade e nostalgia, prazer de vê-la crescer e saudades de a ter bem pequenina. É um clássico, eu sei, muita gente sente o mesmo, não estou a sentir nada de novo, mas quem, como eu, está a ter o privilégio de acompanhar cada centímetro do cabelo a crescer e - ao mesmo tempo - acusa o cansaço de ter de estar lá sempre para aparar cada queda, para adormecer, para limpar e para arrumar tudo o que se lembram de tirar das gavetas e do armário, sem ter muito tempo livre, vive isto de uma forma tão intensa que é difícil manter um equilíbrio. Queremos que cresçam, queremos que se mantenham mínimos e nossos. 

Estou apaixonada. Acho que sempre tive, mas agora mais. Mais. Mais. Gosto de vê-la dançar (contorce-se toda), tentar cantar, provocar-me para ir atrás dela enchê-la de cócegas, tentar comunicar comigo. Ela quer tanto falar! Adoro quando me procura, quando deita a cabeça no meu peito e quando tenta dar-me beijinhos com a boca aberta. Está a crescer depressa, mesmo que devagarinho, ao meu lado.

Adoro-a pelo que é, como ser único que é, mas como já escrevi aqui, ainda a adoro mais com a irmã. Vê-las, as duas, a descobrirem-se de manhã, a dar a mão no carro, a reverem-se quando vou buscar a irmã, a brincarem no banho, a darem gargalhadas juntas... não há coisa mais bonita. Obrigada filha, por nos teres vindo acrescentar tanto, por seres esse ser tão especial e tão cheio de luz.

Já tem um aninho, este meu amor. Um aninho! Que nos continues sempre a abraçar e a dar mimo dessa forma e a fazer crescer em nós os melhores sentimentos, a fazer-nos derreter de tanto amor. Cá estaremos sempre.










............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.